Nesta última segunda-feira do ano, quero convidá-lo para uma viagem, se você topar e embarcar c...


Nesta última segunda-feira do ano, quero convidá-lo para uma viagem, se você topar e embarcar comigo nesta vai ser muito divertido!Que tal passearmos pelas lembranças de 2015, vasculhando cada detalhe de uma forma diferente... Mesmo que tenha sido um ano que você classifique como difícil ou cheio de dores, tenho certeza que depois desta leitura você conseguirá vê-lo de forma diferente.Dedique-se a examiná-lo com as palavras e direcionamento da querida Carol Fagundes que seguem abaixo, depois abrace seu ano, vá se despedindo e abra os braços para acolher todos os milagres que 2016 reserva para nós!!                                                                 

2015 já está indo embora e esse lindo ano deixa para mim uma tonelada de aprendizado e valiosas lições, que hoje compartilho com você!  
Foi um ano, no mínimo, intenso! Repleto de desafios que me deixaram de cabelo em pé e também momentos de profunda felicidade, que acalmaram e energizaram meu coração e, claro, um ano de muito aprendizado!

1- Esteja perto de quem você admira

Nesse ano eu me aproximei de muitas pessoas que admiro, que me inspiram, e isso fez toda a diferença no meu crescimento! Sei que essas pessoas muitas vezes parecem inalcançáveis, mas elas são seres humanos, como eu e você, e estão abertas e dispostas a nos ajudar e contribuir com a nossa caminhada! 2015 me trouxe novos amigos, mentores e parceiros!

2- O momento presente é sempre perfeito

Essa lição é muito preciosa e me ajudou a compreender e aceitar todas as circunstâncias da minha caminhada, principalmente os desafios. Lembra que eu te disse que meu ano foi repleto deles? Pois é! Eu aprendi que o momento presente é sempre perfeito, ou seja, as coisas estão acontecendo exatamente como devem ser, em prol de um objetivo maior! Eu tenho meus sonhos e planos, entrego-os ao Universo e ele dá o jeito dele para que tudo aconteça da melhor maneira possível para mim! Você percebeu que eu falei que o Universo dá o jeito DELE, né? Não o meu jeito! Por isso, às vezes, eu não consigo compreender, no momento em que as coisas estão acontecendo, por que elas são do jeito que são, afinal de contas, o meu jeito seria completamente diferente! Isso nos leva à próxima lição que aprendi!

3- Agradecer até mesmo pelas coisas que eu ainda não consigo compreender

Gratidão. Gratidão. Gratidão! Aprendi a ser grata até mesmo pelas coisas que ainda não consigo compreender! Como eu te disse ali em cima, as coisas nem sempre saem como eu planejei, mas no final, eu sempre percebo que foi o melhor para mim! Se você ainda não consegue entender, é porque ainda não chegou ao final, mas nunca, nem por um segundo, deixe de agradecer! Isso me deu muita força e coragem para seguir em frente, além da sensação reconfortante de que tudo está sempre bem!

4- O Universo vibra em abundância. Se você não está conseguindo tudo o que deseja, não culpe o Universo, quem está na vibração errada é você!

Esse ano eu consegui coisas que me pareciam impossíveis! Eu fiz alguns planos que, no momento em que planejei, eram impossíveis de acontecer! Seja por falta de grana, tempo ou qualquer outra circunstância, simplesmente não dava! As pessoas riam de mim quando eu falava das minhas pretensões! Advinha o que aconteceu? Tudo se realizou: viagens, cursos, parcerias e mais um monte de coisas “inacreditáveis”! O Universo é abundância e conspira para que todos os nossos sonhos se realizem! Lembre-se: o “como” fica por conta dele, o seu trabalho é visualizar, querer verdadeiramente, acreditar, confiar, comprometer-se e receber! Se as coisas não estão acontecendo na sua vida, não culpe o Universo, quem não se conectou na abundância (AINDA) foi você!

5- Quem não investe, não investe

Essa lição entrou na minha vida dando logo três tapas na minha cara! Eu estava titubeando para fazer um grande investimento financeiro na minha carreira e, no mesmo dia em que eu externei isso ao mundo, recebi várias respostas do Universo, inclusive um vídeo da Carolina Nalon com este título “Quem não investe, não investe!”. Para chegar ao próximo nível, temos que investir! E quando falo de investimento, não me limito ao financeiro. Você pode investir seu tempo, atenção, cuidado, amor… O fundamental é investir! Quando você investe, você se compromete e dá tudo de si para fazer acontecer.

6- O segredo é a consistência

Revelado o grande segredo para conseguir qualquer coisa que você queira: consistência! Sei que às vezes temos o ímpeto de abandonar o barco logo no comecinho da viagem, principalmente quando as coisas não estão dando muito certo! Mas o que separa os homens dos meninos é justamente agir com consistência. Então, faça o que tem ser feito, todos os dias, com muito empenho e dedicação! Alguns dias são difíceis, eu confesso, mas ter isso mente fez com que eu agisse e seguisse com consistência e muita dedicação.

7- A vida é muito frágil, valorize-a

2015 me deu um dos maiores sacolejos que já tomei! Estava tudo bem comigo e, de repente, não estava mais. Recebi o resultado de uns exames com aquela notícia que ninguém quer ouvir: eu poderia estar muito doente! Graças a Deus, a cura veio bem rapidinho, mas a lição que eu tirei daí mudou a minha forma de viver! A vida é muito frágil e ela pode ser tirada de nós a qualquer momento! Então, não a desperdice vivendo pela metade, não passe o seu tempo como um zumbi ou apenas reagindo às circunstâncias! Viva com toda a intensidade e presença que sua vida merece ser vivida! Valorize cada milésimo de segundo e faça sua existência valer a pena!

Outra lição que tirei daí diz respeito às pessoas à minha volta! A vida delas também é frágil e isso transformou a minha maneira de me relacionar com elas. A gente sempre escuta que devemos nos relacionar com as pessoas como se fosse o nosso último dia de vida. Até que um dia me disseram algo que fez muito mais sentido: esteja com as pessoas como se fosse o último dia de vida delas! Isso me fez ser mais tolerante, relevar coisas que deixavam de ter importância sob essa nova perspectiva, e demonstrar mais meu amor e admiração.

8- Acredite nos seus sonhos e lute por eles

Os seus sonhos são parte de você! Não tenha medo de sonhar! Alimente seus sonhos e lute por eles! Lembre-se da frase de Eleanor Roosevelt: “O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos!”. Foi assim que consegui realizar vários dos meus esse ano!

9- As dificuldades são oportunidades disfarçadas

Lembra da tonelada de desafios? Olha eles aí me ensinando mais uma vez! Aprendi que as dificuldades nada mais são do que oportunidades disfarçadas! Quando comecei a pensar assim, ao invés de reclamar ou me descabelar com um problema, mudei a minha percepção para procurar onde estava a oportunidade por trás de cada um deles! Encontrei várias, a maior parte dessa lista, por exemplo!

10- Não julgue as pessoas, conheça-as e compreenda-as melhor

Taí uma lição para guardar no coração! Eu sempre tive a (infeliz) mania de julgar e rotular as pessoas. Com base nas informações mais rasas e incompletas, eu construía meu juízo de valor sobre uma pessoa e me afastava dela. A minha sorte foi que eu já havia aprendido a me perdoar pelos meus erros quando me dei conta do quão injusta eu estava sendo, e que a mais prejudicada por esse comportamento era eu mesma!

Eu me permiti jogar na lata do lixo todos os julgamentos que havia feito um dia sobre qualquer pessoa e comecei a conhecê-las e compreendê-las melhor. Eu percebi o quanto elas eram grandes lutadoras, por quantas coisas difíceis já haviam passado e que eu não fazia ideia de quem elas eram de verdade!

Jamais deixe que o mínimo que você pensa que sabe sobre alguém, ou ainda, que a opinião dos outros sobre alguém, interfira na maneira como você enxerga uma pessoa! O maior beneficiado por se livrar dos seus julgamentos será você mesmo!

11- Você é capaz de qualquer coisa

Nunca, nunca, nunca duvide do seu potencial e da sua capacidade de realização! Você pode fazer qualquer coisa, pode aprender coisas que nem imagina e pode realizar ainda mais! Eu consegui fazer coisas nesse ano que, se você me dissesse há um ano, eu daria risadas! Descobri que sou capaz de muito mais do que eu poderia imaginar!

12 - O tempo é um recurso finito, escasso e não renovável. Faça bom uso do seu

Acho que nunca na minha vida dei tanto valor ao meu tempo como em 2015. Eu me dei conta da preciosidade desse recurso e que cada minuto mal aproveitado me deixa um minuto mais longe dos meus sonhos. Desde então, busco eliminar as distrações e acabar com situações em que meu tempo é subaproveitado, como por exemplo, as idas ao supermercado, o tempo que passo que no trânsito ou em viagens de avião. Estou sempre escutando podcasts, lendo livros e transformando o tempo, antes ocioso, em momentos de aprendizado e crescimento! Desperdiçar meu tempo com bobagens, nunca mais!

13- A âncora tem 10% do peso do barco, mas ela o impede de seguir em frente

Todos nós temos nossas âncoras, aquelas coisas que não parecem atrapalhar, mas, na verdade, nos impedem de seguir em frente. Em 2015 eu percebi que tinha uma âncora na minha vida, era um trabalho de meio horário, que eu achava que não atrapalhava em nada a minha jornada em direção aos meus sonhos (afinal, eram apenas 6 horas por dia), mas que na verdade, me mantinha presa a uma vida que já não me pertencia mais. É justamente este o problema das nossas âncoras, elas parecem não nos atrapalhar, mas nos mantém presos a uma realidade que não queremos mais. E aí, quais são as suas âncoras?

14- Feito é melhor do que perfeito

Essa frase é um clássico, eu sei. Mas, mesmo sendo de absoluta notoriedade, aposto que você ainda se esconde atrás da desculpa da busca pela perfeição. Nesse ano eu tive que abraçar esse lema, ou não teria feito nem 10% das coisas que realizei. Muitas coisas não saíram do jeito que eu gostaria, com a “perfeição” que eu tinha idealizado na minha mente, mas o que realmente importa é que eu fui lá e fiz!

15- O fracasso não existe. Você não falha, você aprende valiosas lições que te aproximarão cada vez mais do sucesso

O que você faria se soubesse que não poderia fracassar? O fracasso é algo extremamente assustador, ninguém quer falhar, não é mesmo? Mas uma das lições preciosas que esse ano me deixou é que é impossível fracassar! Aprendi com grandes mestres que o fracasso só existe para quem desiste, mas este definitivamente não é o meu caso! Claro que muita coisa deu errado, mas não encaro isso como uma derrota, encaro todas essas falhas como mais um passo em direção ao sucesso!

16- Tá com medo? Vai com medo mesmo

O medo não vai embora, a não ser que você entre em ação. Em 2015 eu tive que fazer várias escolhas, tomar muitas atitudes e iniciativas que me apavoraram! Sim, deu medo, mas eu decidi que o medo nunca mais me paralisaria. Osho diz que coragem não é a ausência de medo. Coragem é agir apesar do medo! Então, deu medo? Vá com medo mesmo, mas vá!

17- Uma ideia não vale nada

Eu costumo dizer que neste ano eu me alinhei com a abundância das ideias! Tive muitas ideias incríveis e fiquei super satisfeita com isso, achando que minhas ideias eram valiosíssimas! Só que aprendi que na verdade minhas ideias não valiam absolutamente nada, porque uma ideia, por si só, não tem valor nenhum! O que realmente vale é a ação que você toma para transformar aquela ideia em realidade!

Estes foram meus principais aprendizados em 2015. Fazer esse texto me permitiu reconhecer o quanto eu cresci durante esse ano, por isso, quero que você faça o mesmo! Reveja o seu ano e perceba quantos aprendizados ele te trouxe e como você é uma pessoa diferente hoje.

Então, vem comigo!

Em uma destas tardes ensolaradas conversando com minha esposa Lílian Soares, lancei o olhar sob...


Em uma destas tardes ensolaradas conversando com minha esposa Lílian Soares, lancei o olhar sobre a grande teia universal, na qual estamos ligados.

-Já pensou... Se eu deixei de tomar uma decisão importante, isso afetou não só minha pessoa, mas outras que estão conectadas nessa rede. Quantas vezes protelamos ou atrasamos o funcionamento desse relógio maravilhoso chamado de universo, nos dado como presente por Deus.

Refletiu?  Pois é, Todas as nossas ações têm um significado e nada acontece por acaso. Não importa quão cuidadosamente você projeta sua vida, um pequeno detalhe vem e muda tudo.
Lembro agora de como conheci minha esposa. Olhando sobre um determinado ponto de vista, tudo foi um grande rolo compressor que passou e fez um estrago danado. Mas no meio disso tudo nos fitamos, cuidamos um do outro e criamos os laços necessários que nos trouxeram até o presente momento. A rota foi recalculada e essas possibilidades 're-configuradas' foram (e são) os fatores decisivos em nosso relacionamento. E o primeiro passo foi justamente esse: aceitamos esse 'recalcular a rota' e uma vez recolocados no caminho, colocamos os pés novamente dentro da ordem existencial'.

Por isso aprendi que 'todo ponto de vista deve ser visto de um determinado ponto'.

Esse encontro estranho mudou drasticamente nossas vidas. E olha que não planejamos nada disso. A chave de tudo foi a oportunidade que Deus nos ofertou e no meio deste turbilhão ele trabalhou muito bem, como sempre.
Percebeu? Uma pequena mudança, mesmo que seja insignificante tem enormes conseqüências, pois Uniu duas pessoas que nunca imaginariam que estariam juntas um dia. Mas quando olho as pistas (deixadas de forma prévia pelo criador) tudo transcorreria para esse desfecho...aliás para essa nova história.

Nessa semana ela mostrou um vídeo de uma 'coach' (não recordo o nome dela) que falou muito sobre 'gatilhos’. Tá mais o que isso tem a ver com a Teia universal? Explico:
Acreditar é o gatilho (Dispositivo lógico ou eletromecânico que dispara um determinado trabalho ou função) e Se você não acredita então você não pode ativar esse dom extraordinário e voltar a
ficar em comunhão nessa teia.
Se você não está aberto a acreditar, algo estupendo pode acontecer aos seus pés e mesmo assim você não irá perceber que aquilo é direcionado para você (Jo 20:29''Felizes aqueles que crêem sem ter visto!"). Será como retrata o quadro pintado por Caravaggio (A incredualidade de São Tomé), você atentará só para os ferimentos esquecendo da Graça, pronta para te alcançar de uma vez por todas. E  continuará desconectado.

Tudo, desde o Passado, Presente e Futuro está ligado. Não existem coisas como acaso ou coincidência. Tudo brota da fonte mais profunda da qual fomos criados. Esta é a lei da unidade. Estamos todos ligados por uma força que ultrapassa nosso conhecimento. Não há separação entre você e alguém ou alguma coisa. Tudo está conectado.

Nossas experiências são escritas na base de dados do universo. Então, a nós é dado o conhecimento do passado, presente e futuro (Ecles 2:26 ''Porque ao homem que lhe agrada, Deus dá sabedoria,conhecimento e alegria.'').
Então respire nesse momento... Olhe ao redor e sinta-se 'parte do todo' e não um separado, um excluído. Não esqueça, essa é a chave que despertará um poder tão incrível que fará uma mudança drástica na maneira de como você vê a si mesmo e ao mundo.

(Jo 17:21 ''para que todos sejam um; assim como tu, ó Pai, és em mim, e eu em ti, que também eles sejam um em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste".)

Leoni
Colunista

Sabe aquele momento da iluminação, do click ou insight!? Você parece estar entrando em outra di...


Sabe aquele momento da iluminação, do click ou insight!? Você parece estar entrando em outra dimensão! E isto acontece em momentos tão inesperados, ouvindo uma música, lendo um livro, observando uma foto, em contato com a Natureza, às vezes num sonho, em uma conversa, numa aula, em um curso... Numa frase que você leu, enfim são infinitas possibilidades!
Você só precisa querer e buscar esta conexão e daí tudo fica muito claro pra você!
Neste final de semana recebi um super presente, fui sorteada no Instagram e ganhei um convite para participar de um Workshop com o tema: Amor de Verdade.
Era algo bem intimista, ministrado por duas pessoas lindas e cheias de experiências e aprendizados que podem mudar a nossa vida, as queridas Ana Halla e Carol Fagundes.
Cada ensinamento passado fazia meu coração arder e era tanta gratidão que eu tinha a sensação plena de estar no caminho certo, isto deixa qualquer ser humano extasiado, uma certeza que acalma toda Alma e nos leva além dos Horizontes.
Voltando pra casa no final do encontro, escutei uma música no carro que já havia escutado muitas vezes, diversas vezes, mas naquele momento ela estava fazendo uma enorme diferença, como que sacramentando o meu dia!
“Alma!
Deixa eu ver sua alma
A epiderme da alma
Superfície!
Alma!
Deixa eu tocar sua alma
Com a superfície da palma
Da minha mão
Superfície!...”

E comecei a desejar a ver quem o ser humano realmente é... Imaginando como seria se eu tivesse o poder de ver a Alma de cada um, o que eu veria!? Qual seria a cor desta ou daquela pessoa? Será que teriam muita almas incendiando de Amor, com brilho eterno da Ternura, com as cores vivas da Alegria, com a suavidade da Paz, com a firmeza da justiça!?!?!?
E eu quero te contar que é isto que eu e você somos, Amor, Ternura, Alegria, Paz, Justiça, Bondade.
Nós somos muito mais o Belo, o Positivo do que todos aqueles conceitos, fardos, ideias e crenças negativas, que você acredita ser.
E, aliás, se você não tivesse nada desta negatividade, quem você seria agora? Onde você estaria neste momento? O que estaria fazendo? Que atitude tomaria para seguir uma vida com mais significado?
Você e só você pode tocar na potencialidade de seu ser e fazê-lo vir à tona! Você é pleno, abundante, um ser de luz!
Deixa a Luz do Criador aquecer os quartos escuros desta alma, não se prenda aos traumas porque do lado de fora eles não sobrevivem, é o que música diz e é a verdade, somente a nossa mente pode fortalecer nossas dores, mas se nos desapegarmos do papel de vítima, deixando fluir, aceitando com suavidade a nossa história, tudo se transformará!
Que sua semana seja repleta de transformações interiores, pois estes são os verdadeiros milagres!
Alma!
Deixa eu ver!
Deixa eu tocar!
Alma! Alma!
Deixa eu ver!
Deixa eu tocar!
Lílian Soares
Colunista

Eu tinha apenas 14 anos e vários episódios especiais já haviam se passado comigo e depois de ...



Eu tinha apenas 14 anos e vários episódios especiais já haviam se passado comigo e depois de uma mudança de casa e de bairro, na cidade onde eu nasci, algo novo e surpreendente estava para acontecer!
Eu sou a filha mais velha e tenho mais Quatro irmãos que amo demais, isto sempre me fez sentir que era responsável pela proteção deles.Um certo dia, quando morávamos numa casa bem simples e muito limpa, pois minha mãe sempre foi muito caprichosa, meu irmão do meio , 7 anos mais novo que eu, estava muito mal. Parecia uma virose, onde ele colocava tudo que comia pra fora, com vômitos e diarreias.

E eu via naquele olhar um pedido de socorro! Eu o acompanhei por várias até o banheiro e num certo momento segurando as suas mãos, ele me olhou nos olhos e me pediu: Reze por mim! Ele deveria ter seus 4 a 5 anos.
Mesmo sem saber o que falar não hesitei e logo disse: Meu Deus, meu irmão está com dores e não aguenta mais, por favor, faça alguma coisa!!!! E fato, algo aconteceu! Ele ficou bom! Na mesma hora um alívio tomou conta de seu corpo e, como toda criança que ao sair de uma febre ou de uma dor forte, volta a brincar como se nada tivesse ocorrido, assim ele o fez.

Depois deste momento, quando adoecia ou sentia alguma dor dizia: Irmã,  faça aquilo que você fez de novo!!!Não éramos crianças educadas dentro de uma religião, não cultivávamos nenhuma prática de espiritualidade, Deus era algo muito distante e o tipo de Ser que você deveria saber como tratar, pois a qualquer momento Ele poderia cobrar a sua santidade, honestidade, fidelidade.
A única referência que tínhamos em relação a ter um relacionamento com Deus era nossas duas avós, uma católica e outra evangélica.

Apesar de sempre me emocionar nos cultos que de vez em quando, minha avó materna me levava, nunca entendia o que acontecia e porque eu estava chorando. Eu até inventava que estava com dor de dente ou de barriga, porque tinha medo do que podiam pensar.
E se depois me dissessem que eu tinha que me entregar pra Jesus!? E nunca mais cortar o cabelo!? E que deveria usar tal roupa ou não ouvir tal música!?!?!? Uau... quanta pressão para uma criança!
Mas algo estava acontecendo, a história estava se fazendo. Nós fomos crescendo, mudamos de casa e de bairro, passamos pela primeira perda, deixar nossas primas e nossa tia querida, que eram nossas primeiras amizades.

Senti muito, era uma dor de saudade e um vazio gigante e só estávamos a 15 km de distância.
Mas esta mudança trouxe com ela algo surpreendente, o que poderia começar a responder os outros acontecimentos passados.
Conhecendo algumas amigas, recebi o convite para um retiro com Jovens, numa cidade vizinha.
Eu sabia que era algo relacionado à Igreja Católica, mas não fazia ideia do que faríamos neste local. Mas como eu encontraria vários Jovens, então fiquei muito empolgada para saber quem eu conheceria... Estava quase completando os 15 anos e claro que já estava muito a fim de sair por aí numa vida totalmente independente.

Consegui que meus pais me liberassem e isto na verdade nunca foi problema, eles sempre confiavam muito em mim!
Segui então numa sexta-feira, rumo ao desconhecido! Quando chegamos avistamos vários jovens, alegres, brincando, conversando, tocando violão, coisas típicas de Jovens!
Logo fomos convidados para a sala onde eram ministradas as palestras, para que fossem dadas as primeiras instruções e claro a primeira palestra deste encontro.

Logo quando entrei, encontrei em minha cadeira um barco, feito de cartolina e com a seguinte frase: Não dá mais pra voltar, o barco está em alto mar!
E a minha pergunta foi: Onde eu estou me metendo!? Não posso voltar, o que isto quer dizer?
E esta pergunta foi logo respondida, quando um jovem rapaz entrou na sala e começou a sua fala que dizia haver um Deus Imenso, Maravilhoso, que me amava muito!
E mesmo que eu me sentisse um nada, um lixo, uma qualquer, Ele não me via daquele forma. Ele tinha um olhar especial para mim!
Mesmo que eu fosse falha em qualquer área da minha vida, Ele nunca deixaria de me amar. E a única coisa que naquele momento Ele desejava, era curar meu coração de toda dor, de toda carência, de toda ausência de Amor.
Eu me dei conta naquele momento, que por mais que meus pais me amassem, demonstrassem isto com a luta diária para nos dar o necessário, eu nunca havia escutado um Eu te amo, pelo menos não me lembrava disto. Não era costume, não havia feito parte da educação deles, não era algo natural em nossa casa.
E saber que eu era especial, amada e única fez minha vida realmente mudar!
Não havia mesmo como voltar, o vento que soprava em alto mar me fazia sentir os melhores sentimentos do mundo! Ele soprava e levava com ele toda dor de uma solidão que eu nunca soube por que estava ali.

Levava o vazio e a vida sem sentido que me carregavam.
Chorei tanto e depois disto, enxuguei as lágrimas e me abracei com aquele barco,  dizendo a mim que desejava aquilo para sempre e assim a história continuou e continua!
Tudo já estava dentro de mim e eu só precisei continuar caminhando e o caminho foi se fazendo.
Talvez hoje você precise somente saber o quanto você é especial, amado e único!
Que não há imposições! Somente amor!
Venha e sinta-se abraçado por este Criador que cura seu coração de toda mentira que já ouviu, ou até você esteja contando agora para si.
Você é amado, você é amor!
E concluo com estas palavras inspiradoras de Marianne Williamson:
“Eu costumava sentir que eu não poderia me dar o luxo de relaxar por que Deus tinha coisas mais importantes para pensar do que na minha vida. Eu finalmente percebi que Deus não é caprichoso, mas ao contrário um amor impessoal para toda a vida. Minha vida não é menos ou mais preciosa para Ele do que a de qualquer outra pessoa. Se entregar a Deus é aceitar o fato de que Ele nos ama e nos sustenta, por que ele ama e sustenta toda a vida. Entregar não obstruí nosso poder; mas o aumenta. Deus é meramente o amor dentro de nós, então retornando a ele é retornar a nós mesmos.”
Uma semana iluminada e repleta de curas é o que desejo a você!

Lílian Soares
Colunista

Ontem recebi um presente, ter um tempo para descansar e ficar comigo, em casa, em silêncio e o ...


Ontem recebi um presente, ter um tempo para descansar e ficar comigo, em casa, em silêncio e o melhor de tudo, com minha pequena sendo cuidada pelo Pai e o Tio, ou seja, em total segurança.Sei que isto é algo que muitas mulheres sonham e quando recebem não sabem o que fazer, pois carregamos o título de fazedoras de mil coisas e realmente eu tinha muitas coisas que gostaria de fazer e outras que precisavam ser feitas.

Mas entre umas e outras, fiz a opção de deitar por uns segundos, silenciar minha mente e depois bateu uma vontade louca de falar com uma amiga de longa data.Sabe aquela amizade deliciosa que você pode dar risada, àquela risada... falar o que sente, sonha, almeja e também ouvir do outro lado um coração sincero!?Foi uma conversa maravilhosa, que só trouxe para mim a certeza de que estou no caminho certo e que é muito bom poder contribuir para o crescimento dos outros!

Apesar da nossa conversa ter sido rompida por duas vezes, pois ainda continuávamos sendo mulheres e atendendo a outros casos, conseguimos expressar com clareza o quanto estamos felizes e gratas a Deus, pelo nosso crescimento nas áreas que por nós foram classificadas como delicadas e por isso buscamos conhecimento, orações e perseveramos para que tivéssemos um salto quântico, curando nosso emocional e espiritual, o que resultou em progressos também em nosso físico.Depois de desligar o telefone, comecei a pensar nas últimas experiências que tenho vivido e em especial uma que mencionei a algumas semanas em minha página pessoal no Facebook.

Sabe quando tudo começa a fazer sentido e você parece está costurando uma colcha de retalhos!? Era disto que eu e minha amiga falávamos. Das providências que nos trouxeram até aqui.  Também pude contar a ela um pouco desta experiência vivida há algumas semanas.
Bem, eu recebi uma orientação de uma profissional que trabalha com Biodesprogramação, uma pessoa maravilhosa que me atendeu por Skype, direto da Espanha, e me sugeriu que escrevesse uma carta pra mim mesma, resolvendo algumas situações que eu havia exposto a ela.

Segui o direcionamento sem pestanejar, pois fez um enorme sentido pra mim, porque acredito que o “tempo” é uma invenção do Ser Humano, somos seres atemporais e podemos acessar quando quisermos a criança ou o adolescente que vive em nós.

Você já imaginou o quanto sua vida poderia se tornar diferente, caso você recebesse uma carta escrita por você mesmo, enviada do futuro para o passado, recebida em seu aniversário de 12, 13 ou 14 anos!? Eu fiz isto, escolhi meu aniversário de 12 anos, porque sabia justamente o que havia vivido naquela época, e então escrevi! Emocionei-me!  Senti um amor por mim como se estivesse acolhendo minha própria filha. 
Foi um momento de cura, crescimento, encorajamento e muito amor.Pude colocar um pouco de remédio nas feridas que estavam abertas e derramar paz naquele coração cheio de medo.
As minhas primeiras palavras foram de conforto e ordem: 
...Acalme seu coração, tudo nesta vida passa e o que vês agora e vives neste momento um pouco confuso, vai passar!
E ainda escrevi:
 ...Uma grande emoção toma conta de mim neste momento, pois acabo de descobri uma possibilidade de viajar no tempo para lhe falar algumas coisas que farão muita diferença em sua vida daqui pra frente...

... Sei que você ama muito seus irmãos e se preocupa com eles, carrega com você a responsabilidade de filha mais velha, por isso quero lhe contar que vocês crescerão unidos e o Amor entre vocês nunca acabará, vocês se ajudarão muito e serão felizes.

...Existem muitos conflitos entre você e sua mãe, isto te faz chorar muitas vezes.  Você pensa que não é amada e isto dói. Você pode não sentir, mas posso lhe afirmar que sua Mãe te ama muito, ela faz coisas por você secretamente para que você receba sempre o melhor. Você não faz ideia do quanto ela se esforça para dar conta de tudo e se enche de orgulho quando os filhos são elogiados. Sei que ela não demonstra com palavras e tem seus ataques de raiva, mas ela está tão cansada, se sentindo sozinha e estes comportamentos são na verdade um pedido de Socorro. 

...Posso te sugerir uma coisa? Perdoe e ame. Você verá a mudança acontecer! Te garanto. Paciência, fé e o principal: Não se culpe! Você não está fazendo nada de errado, só está sendo esta menina linda, sendo você mesma.
Aliás você além de linda é engraçada, a sua risada é garantia de outras risadas... sua alegria contagia, você é única!

...Sei que seu pai é ausente, pois trabalha demais, mas vocês se dão bem! Mas existiu um momento em que você achou que ele deixaria sua mãe e consequentemente você, mas isto não acontecerá! Fique calma, eles se amam tanto e só estão enfrentando um desafio e sairão vencedores.

Bem, escrevi quase Cinco páginas e depois li algumas vezes em voz alta, lógico que as lágrimas rolaram e eu pude me abraçar e sentir o quanto o perdão pode nos libertar! O quanto nos faz bem reconhecer que passamos por momentos difíceis, de dores, vulneráveis e poder tocar nisto novamente, com delicadeza, deixando de lado toda suposta postura de rigidez que nos disseram várias vezes que precisávamos ter, para sermos respeitados.
Mesmo tendo passado por várias experiências espirituais, buscando Deus com toda convicção,  havia ainda uma criança com os olhos cheios de medo dentro de mim e ela precisava saber o quanto era especial e amada.

Que tudo daria certo e que ela viajaria para lugares lindos, teria uma família maravilhosa, experimentaria diversos sabores, cores e amores.
Criaria uma vida feliz, cheia de significados e repleta de Paz, algo que até então era desconhecido!

Quero encorajá-los a fazer o mesmo, olhar nos olhos deste ser lindo aí dentro de você e amá-lo. Estender a mão e dar aquele abraço especial, deixar as lágrimas brotarem e fazer uma limpeza especial, deixando você mais leve e disposto para viver sua semana.Tenho certeza que a partir desta experiência você será um pai, mãe, filho ou filha melhor! Você pode tudo, porque Deus habita em você e é Ele que viaja contigo no Tempo, te levando a mais Bela Experiência de Amor, Perdão e Aceitação!
Curta sua viagem!
E sigamos a nossa semana, repleta de milagres a nossa espera!

Gratidão!

Lílian Soares
Colunista

Olá seja muito bem vindo à nossa vida! Eu sou Lílian Soares, mãe, esposa e empreendedora. E...


Olá seja muito bem vindo à nossa vida!
Eu sou Lílian Soares, mãe, esposa e empreendedora.
E apresento meu parceiro, esposo, amante e companheiro, idealizador do Fabricca de Letras e de tantos projetos fabulosos, Leoni.
Pai, esposo, radialista, comunicador, com os pés sempre no chão e o coração sempre aberto aos milagres.Nós definitivamente acreditamos que:
“Somos seres espirituais vivendo uma experiência humana.”

E por isso quero te contar sobre o Espaço Fabricca de Letras.
Ele nasceu num momento muito especial de nossas vidas, podemos afirmar que no tempo mais precioso de nossa existência, a gestação de nossa Filha Esther.
Eu estava grávida, passando por várias transformações no corpo e na alma e ao meu lado, meu parceiro vivenciando todas estas mutações, sentindo até mesmo algumas delas em seu corpo, como enjoos e dores nas costas.Eu estava no quinto mês de gestação, quando ele foi demitido de um de seus empregos, porque quem mora em São Paulo e trabalha no mundo da comunicação, Rádio ou TV, sabe que muitas vezes é preciso ter mais de um emprego.

Eu trabalhava numa Editora, mas agora grávida a visão sobre trabalho também estava mudando.Nesta hora, o medo chega e bate forte. Já passou por isto!?
Mas por causa da nossa vivência e busca de crescimento na vida espiritual, nosso medo durou poucos dias e o nosso desejo de fazer o Bem sem olhar a quem, crescia cada vez mais.Ele começou a vasculhar vários sites, em busca de respostas para o que sentia em seu coração.

Ele queria falar para o Mundo sobre o Amor, sobre o Criador e sua Bondade. Ele queria gritar para que todos ouvissem, sobre suas experiências de transformação, busca e aconchego nos Braços do Criador, então nasceu o Fabricca de Letras.
Este espaço é para expressar a nossa Gratidão a Deus por ter nos trazido até aqui!
Não é sobre religião é sobre o Amor!

E se você se identifica, fique conosco e forme esta corrente do Bem!
Acreditamos na transformação do Mundo através da Nossa.
E por isto te convidamos a dar o primeiro passo, olhar para dentro de você e perceber que não está só! No momento de maior desespero, questionamento, dores ou medo, respire fundo, reze, entregue e agradeça. Tudo tem seu tempo e sua hora.
Agora é o nosso momento, vem com a gente!?
Gratidão! #somostodosum
Lílian Soares
Colunista

Toda segunda-feira estarei por aqui partilhando um pouco com você sobre minhas experiência...





Toda segunda-feira estarei por aqui partilhando um pouco com você sobre minhas experiências e descobertas.
Escolhi a segunda-feira, porque há muito tempo uma multidão de pessoas decidiu que é o pior dia da semana, que tem um peso horrível, que não existe esperança e nem alegria.
E por causa desta decisão, muitos se arrastam para começar a sua semana. Saem mal humorados para o trabalho, mal dizem seu dia, reclamam até a quinta geração se tem Sol ou Chuva, Calor ou Frio.

Estamos tão acostumados a fragmentação do tempo, ao condicionamento imposto por nós mesmos nas datas sazonais, que é preciso uma sexta-feira para nos sentir melhor.
Mas que tal começar agora mudando este padrão de comportamento, sim é um padrão, imposto por você e por mim, criado em nossa mente e recriado em nosso exterior.
Estou te propondo uma nova segunda-feira, aquela que você acolhe com o coração aberto e diz: Obrigada, estou pronta para mais um dia! Acordei! Uau...
Quero ver este dia como um Novo Começo, a oportunidade de ser quem sou sem precisar viver de imitações.
Escolho ser amor, ser alegria, ser uma bênção.
E diga só por hoje, quero ver algo de bom nas pessoas e no que faço.
Faço a opção de não reclamar e criar a vida que tanto quero, mas que está abafada, escondida em meio a tanta lamentação.
E porque eu escolho, eu crio e se crio, também contagio!
Você é uma bênção, não assuma o contrário, seja uma Bênção neste dia que está começando.
E se no meio do dia ou no fim da tarde, pensamentos contrários a esta verdade surgirem em sua mente, continue dizendo com seu coração: EU SOU UMA BÊNÇÃO!
Gratidão e Paz! #somostodosum 
Lílian Soares
Colunista

“O essencial é invisível aos olhos!”. Esta máxima de Antoine de Saint-Exupéry é conhec...




“O essencial é invisível aos olhos!”. Esta máxima de Antoine de Saint-Exupéry é conhecida e popularmente citada. O autor a complementa dizendo: “Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer”.

Acontece que, por nós, ela também foi esquecida!

Quando olhamos para as necessidades da vida em comunidade, devemos olhar com o coração e não somente com os olhos, e entender que, por trás de cada membro que a constitui, existe uma essência.
Há algum tempo, aprendi a diferença entre a “pessoa” e o “indivíduo”. A pessoa é dotada de uma identidade, de uma história de vida, de uma essência que a diferencia dos demais. O indivíduo por sua vez é alguém sem esses elementos... É apenas um número na população, mais um ser em meio a tantos outros. A comunidade acontece quando pessoas dispostas a aceitar e a conviver com a essência do outro, se reúnem.

É importante dizer que, aceitar a essência do outro não significa desprezar ou diminuir a própria essência. A comunidade é permeada por uma relação de reciprocidade. Se aceitar a essência do outro (que é o que o faz único) me faz ser melhor e atuante na comunidade, preciso também oferecer a minha essência e estar à disposição para que o outro também me aceite, como um ser único.

A essência do ser humano, no entanto, não deve ser maior do que a essência de Deus! A essência divina desperta em nós o olhar sem filtros sobre o próximo, e quando for difícil aceitar, será esta essência que nos fará suportar o próximo da mesma forma com que muitas vezes seremos suportados.

Muito se fala sobre vida em comunidade. Pratica-se pouco, no entanto, o essencial: “Amarás o próximo como a ti mesmo” (Mt 22, 39).
A ideia de que o ser humano é um animal social é antiga. Já dizia Aristóteles que para que homem alcance sua plenitude, é necessário que esteja em contato com outras coisas e outras pessoas.

Desta forma, a plenitude é resultado do encontro de pessoas (seres únicos). A felicidade é fruto da comunhão de essências... Da vivência do amor divino que nos leva a reconhecer o que há em nós e a amar o que há no próximo.
Eis o essencial! Viver e permanecer no amor!


Luís Maurício
Colunista